sexta-feira, 23 de agosto de 2013

GRANDE DIFERENÇA HÁ ENTRE SER O MELHOR E ESTÁ ENTRE OS MENOS RUINS

Interrompo a inatividade do blog para escrever sobre aquilo que menos gosto de falar sobre:  a política.

Sem tempo para o blog, tenho dado meus pitacos pela rede social facebook em curtíssimas notinhas. Não confundir 'curtíssimas' com 'curtidas'. Lá, tal qual aqui,  sou um mero desconhecido. Para minha sorte, misantropo em exercício.

O assunto do momento na rede em Cruzeiro do Sul é a cassação do mandato do atual prefeito Vagner Sales por crime de peculato, cometido, segundo a justiça, ainda quando era deputado estadual.

Como não poderia deixar de ser, feliz ficou a oposição, muito descontente a situação, muito tristes os imbecis, pouco se lixando os sapientes, com dó da formiguinha aqueles que não sabem o que querem... Fora isso, eu, ignara.

Mas ainda assim resolvi combater a insanidade daqueles que ousaram classificar Sales como "o melhor prefeito de todos os tempos".

Classifiquei sua administração como medíocre. Sem dó, nem ódio, nem medo, com risos.

Oras, disse 'medíocre', não 'ruim', não 'péssimo', mas muito longe de 'bom', a milhas de 'ótimo. Medíocre é 'mediano'.

Por conta de uma TV local ter feito uma matéria sobre assunto em voga e ter citado opinião de populares e internautas nem tão populares, a minha,  expressa no facebook, foi lançada ao ar.

Deixei por alguns segundos de ser invisível.  

Tenho amigos, fãs incondicionais do jeito 'vagneriano' de fazer política. Alguns destes acham que peguei 'pesado' ao classificar o prefeito como medíocre.

Não classifiquei a pessoa do prefeito como medíocre, não apontei o dedo em sua cara, não desfiei impropérios contra a sua pessoa ou família. E não me santifiquei ou me declarei superior a ninguém.

Falei estritamente da sua administração.

Disse que 'nós', e não 'eles' ou 'vocês', nos conformamos com a mediocridade de quem como representante de uma comunidade tem a obrigação de ser excelente, excepcionalmente bom, para que possamos classificar como 'o melhor'.

Eu posso ser medíocre, o prefeito, o governador, o presidente, não. A comunidade não me escolheu com a promessa de resolver situações. Simples assim.

No que a administração Vagner Sales foi excepcional ? 

Nunca um prefeito de Cruzeiro do Sul teve tanto apoio político de seu grupo em termos de liberação de verbas federais. É a terra das Ladeiras a meca das oposições estaduais. 

Vagner foi no máximo 50 % competente na sua missão. Ou seja,  foi politiqueiro ao extremo para conseguir as verbas necessárias para alavancar sua administração, o que exige um alto conhecimento do lado oculto da política. A isto os políticos costumam usarem o eufemismo de 'caminho dos gabinetes em Brasilia'. Desnecessário explicar aqui, não é mesmo ? 

Pois bem. Por outro lado, fracassou no mínimo em 50 % de sua missão como um prefeito que deveria fugir da mediocridade  _ não  conseguiu ser um administrador arrojado, visionário, comprometido com a felicidade que é não ter medo de ser feliz.

Não deu um novo rumo a política, como por exemplo, ter a coragem de ser o primeiro prefeito a resolver as questões de saneamento básico, estas que não lhe rende dividendo político, diga-se voto, mas que trás saúde ao povo mais humilde, o grosso de seu eleitorado. Saúde trás felicidade, felicidade trás dinheiro e dinheiro, bem dinheiro, trás  liberdade dos favores...

A contribuição de sua administração para isto, até aqui,  foi zero.  

Preferiu gastar rios de dinheiro com postos de saúde que em pouco tempo se tornarão obsoletos, um fardo para as administrações municipais vindouras. Um coisa é construir, outra é manter ao longo do tempo.

Oras. Postos não significam prevenção, ideia central da saúde básica. Saúde básica não rende votos. Mas encher a boca com números de postos construídos, sim. Políticos adoram números para passar nas ventas dos desafetos.

Pergunto : Isto é ser " o melhor de todos os tempos " ?  

Onde está a tal excepcionalidade ? 

Cadê aplicabilidade do Plano Diretor _ se é que pelos menos exista um ?  

Um prefeito que sequer conseguiu devolver algumas ruas, grosseiramente obstruídas por construções particulares ou públicas, ao povo, é o melhor de todos os tempos ?

No máximo, está entre os menos ruins...médio, medíocre, portanto.

  
Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog