quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Cruzeirão : La Bomboneira do Juruá by Mazinho Santiago

Segundo o prefeito em exercício ,Mazinho Santiago ,o poder público municipal,pretende apoiar a equipe do Náuas, representante da região no campeonato profissional do Acre,na campanha de 2010 com previsão de inicio para o mês de março.Até aí nada de exepcional, até mesmo porque Santiago  não falou a respeito de valores financeiros.E cá entre nós duvido que venha ser um valor que chame tanta atenção assim.

O mais interessante foi  a exigência para o apoio: que o Náuas mande seus jogos,ou pelo menos parte deles ,em Cruzeiro do Sul,mais precisamente no estádio o "Cruzeirão "_ que de "ão" não tem nada .Da minha parte,como frequentador assíduo daquela praça de esporte,adorei a idéia.Aliás sempre questionei o porque da impossibilidade.

Quem conhece a realidade do futebol acreano e teve a oportunidade de frequentar o estádio "Naborzão" em Senador Guiomard,onde a equipe da ASDEG joga suas partidas,sabe que não passa de um  Cruzeirão melhorado. Mazinho disse que a prefeitura irá adequar as instalações para atender as exigências mínimas da Federação Acreana de Futebol,como por exemplo, a existência de alambrado para evitar invasõe de campo.

É claro que além do alambrado,tem também a questão dos banheiros,das bilheterias,vestiários,mais arquibancadas,estacionamento...Ufa !!! Será que irão realmente conseguir fazer isso em tão pouco espaço de tempo ? Espero que sim. Promessa é dívida .Quero só ver como vai ficar a "La Bomboneira" de Cruzeiro do Sul-by Mazinho Santiago.

Será vão tirar aquelas várias tonalidades em azul e pintar um pouco de amarelo e verde, as cores oficiais do representante do Juruá ? Uma coisa é certa.Se caso a prefeitura consiga realmente esse feito, o Náuas ganhará um reforço de peso que é o apoio da torcida. E já sei que tem uma galera que está montando a  torcida organizada do Cacique Colorado.

Só espero que alguns políticos ,aproveitadores de ocasiões, não me venham aparecer atacando de teenleaders, vestidos de azul ,com a barriga de fora ,dando cambalhotas e gritando :" Me dê um P,me dê um M me dê um D ,me dê um B ,o que que dá ?  o que que dá ? "  Tudo é possível na capital do Juruá.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

O pai dos pobres não toma buriti

"A pior forma de covardia é testar o poder na fraqueza do outro." 



(Maomé)


Os fiscais da prefeitura de Cruzeiro do Sul usaram de força desproporcional contra os pequenos feirantes  que labutam pelo pão de cada dia, na subida do clube Samambaia no centro de Cruzeiro do Sul, nesta quarta feira (13). O que fizeram não passa de abuso de autoridade contra pessoas indefesas e decentes que não estavam praticando crime nenhum. Um ambulante foi preso por desacato a  "autoridade".

Ora, essas pessoas podiam estarem em local não apropriado para a venda, atrapalhando os transeuntes.  Mas estavam trabalhando honestamente. Não estavam roubando, vadiando ou se prostituindo em praça pública para serem tratados daquela forma.

Alguns podem até argumentarem que os fiscais só estavam obedecendo às  leis. Pois bem. Então porque usam dois pesos e duas medidas ? alguém já viu esses fiscais da prefeitura manterem a lei contra os grandes comerciantes da cidade ? Alguém já viu algum comerciante grande de nosso município ser preso por desacato aos fiscais ?  E olha que eles tripudiam, sim.

O prefeito em exercício , Mazinho Santiago, em uma entrevista concedida a uma rede de TV local, afirmou que a prefeitura ainda não dispõe de um lugar apropriado para acomodar aquelas pessoas. Bom. E até lá como é que essas pessoas irão sobreviver ?  E se não tem condições de organizar a situação, então por que perseguir esses ambulantes ? Deixem as pessoas trabalharem em paz !!

Querem se preocupar com os transeuntes ? Então comecem fazendo calçadas senhor prefeito.Recupere de verdade a rede viária   de nossa cidade.  Não inventem desculpas para perseguir os mais humildes.  Qual é o problema ?   Será  que é por que eles não fazem gordas contribuições financeiras para a campanha política ?

Com certeza seria bem mais fácil deixar em paz os pequenos do que mover mundos para destruir monumentos e  agradar um grande comerciante.  E se querem fazer cumprir a lei comecem também pelos grandes que podem se defenderem dos abusos.  Repito: qual é o problema ?

Alguns dessas pessoas, inocentes,  queriam ir até a residência do prefeito pedir clemência. Coitados.  São ovelhas  dirigindo-se à toca do leão faminto em busca de proteção contra lobos desdentados.  Quem eles acham que orienta os fiscais a usar o chicote ?







segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Farofa no lugar de mordaças

"As vezes procura-se parecer melhor do que se é. Outras vezes, procura-se parecer pior. Hipocrisia por hipocrisia, prefiro a segunda." (Jacinto Benavente)


Toda classe que se preze, tem que ser norteada por princípios éticos.Quando essa classe tem a capacidade de  formar  opiniões,então a salvaguarda de seus preceitos é condição unica. E mais ainda quando essa classe representa o  Quarto Poder de fato,equiparando-se, portanto, aos três grandes poderes de direito democraticamente constituído:legislativo,executivo e judiciário.  


É claro que a classe a que me refiro é a dos jornalistas.Descoberto o objeto ,passo agora para a delimitação do meu objeto, a imprensa cruzeirense (sic) e mais precisamente o que ocorreu no fim  de ano. E o acontecimento a que me refiro é o fato de o prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales, promover uma festa de confraternização para os jornalistas da região.


A mesma festa foi motivo de matéria em um canal de TV local,como se fosse  mais uma grande "obra " do prefeito.As imagens mostraram os impávidos jornalistas se banqueteando às custas dos cofres   públicos.O ato em sí não tem nada de anormal,estamos em um país livre e as pessoas, ,jornalistas ou não, têm o direito de ir  onde  lhes apeteçam .


O grave,porém, é o que se pode apreender desse ato.Jornalista que é verdadeiramente ético não aceita agrado de ninguém,pior ainda de político e com dinheiro público.Mas,o que faz a classe jornalística ser tão especial para receber esse agrado ? Alguém ouviu falar se houveram confraternizações para os garis,para os policiais,bombeiros,carteiros,pequenos empreendedores ou qualquer outra classe trabalhadora ,à dispêndio dos cofres municipais ?


Isto não significa que todos os membros da equipe da imprensa não tenham ética.Alguns tenho certeza foram ingênuos,outros nem tanto.De qualquer modo perde-se a credibilidade.Como acreditar em uma imprensa séria,se pessoas que a fazem não apresentam a conduta necessária ou então não previnem-se dessas armadilhas urdidas ? 


E o prefeito ainda teve o cinismo de dizer que "em seu governo,jornalista pode falar o que quiser, que não vai ser perseguido". Tudo bem Papai  Noel existe e veste azul.E dá-lhe propaganda oficial,e dá-lhe hipocrisia e tome farofa para os jornalistas ficarem de boca fechada,afinal, não é de bom alvitre falar de boca cheia.


I

domingo, 10 de janeiro de 2010

Diario sobre Inocência do Sul City- Apresentação






Preâmbulo

Inocência do Sul-que fica no norte,pequena cidade amazônica,tem aspiração de grandeza,apesar do isolamento físico e politico.Erguida entre colinas,sua beleza natural é única.Cidade centenária ,ainda guarda resquicios de seringal.Aqui  ainda existe  patrão.


É governada pelo coroné de barranca Azulino Uótiz, cabloco amazônico,segundo ele mesmo,nascido e criado no beiradão do rio Judiado, que banha a cidade e a região . Apesar de ser dono de uma grande fortuna, o coroné prefere manter a aparência humilde.Não costuma vestir farda de gala, apropriada para sua patente.Prefere mesmo é usar camisa- em- mangas.

A  obsessão pela cor azul e a sua inconfudível pronúncia da palavra watt- unidade de medida de energia ,deram origem ao seu nome  popular.O de batismo ninguém sabe.Dizem os seus dasafetos que é um artificio para ninguém descobrir suas verdadeiras orígens,que foi de "berço de ouro" e não da manjedoura,como ele gosta de se gabar.

É claro que nosso diário  tem outros personagens principais como a sinhá Hermana Humildade, o capataz Tamborette Minerva ,os vereadores  Meganakigostu,Quiékitofa Zendoaki ....

Ah,sim !! Já ia  esquecendo-me, qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência.
Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog