sábado, 11 de agosto de 2012

SOBRE O DEBATE

Quem assistiu ao debate entre os candidatos a vice-prefeito de Cruzeiro do Sul pela TV Juruá ?

_Eu, eu, eu !

Tudo culpa do Nelson Liano Júnior, que me convenceu como telespectador (eu) que o debate entre os vices seria importante dado a  " polêmica da escolha de ambos em ambas as chapas".

Contrariando o que preconiza os nutricionistas e os gastroenterologistas fui para frente da minha tv de tubo de 14 polegadas com o prato cheio de alimentos não recomendáveis para uma mastigação ligeira e sem concentração.

_ Ai , minha gastrite !
  
Depois, no fim da tarde, em reunião entre amizade achada quis saber de outros telespectadores o que acharam do debate.

" _ Mais fraco que caldo de biles".

Sinceramente não assim achei. É que o povão, amante do UFC e da briga entre vizinhos por fuxico que envolve traição conjugal, quer ver sangue.

O debate começou cômico com o mediador Nelson Liano mais perdido do que cachorro caído de caminhão de mudança de pobre. Mas nada de mais. Coisa de quem se arrisca fazer ao vivo. Seria querer por exagero que uma TV de uma cidade onde vento ainda faz a curva _ e assim o fará até que saia a estrada   para Pullcapa _ não passasse por perrengue no primeiro debate ao vivo pela televisão local.

Em parte, culpa também da direção de jornalismo. A mediadora deveria ser a Daiana Maia, bem mais charmosa e com melhor desenvoltura frente às câmeras. Coisa da evolução humana. Qualquer dia conto por aqui a piada que explica porque o sexo feminino é bem mais evoluído em certos quesitos, pelo menos na visão dos homens que gostam mais (no meu caso, só) delas.

Nelson Jr deveria fazer parte da bancada de jornalistas que fizeram pergunta aos candidatos. Ele é bom para fazer questionamentos que deixam o entrevistado embaraçado. Quem mais teria coragem por exemplo de perguntar  a uma cozinheira da cidade de Rodrigues Alves, em pleno aniversário do município, se um dos pratos típicos  da terra era arraia assada no espeto ?

Acho que os jornalistas da bancada foram muito politicamente corretos. Faltou alguém fazer questionamento do tipo : candidato Mazinho, ter bigode é quesito para fazer dobradinha na chapa com Vagner Sales ? Com certeza, depois de uma breve assertiva Mazinho Santiago indagaria ao oponente : " Queria saber do nosso candidato se ele pretende deixar o bigode crescer se for vice-prefeito "

Na réplica Marcelo tascaria com ar de magister : " Respondo com a maior tranquilidade. Henrique Afonso jamais precisou se esconder atrás de um bigode, então porque que me preocuparia em cultivar um logo agora ? E tem mais. Se bigode fosse sinal de status jamais abundaria em nascer no traseiro dos canídeos" 

Então aporrinhado, Mazinho deixaria seu ar de gentleman de lado e revelaria uma história envolvendo o seu tio bisavô com um ascendente indireto da 5.ª geração do Marcelo Siqueira, sobre dois vips ( sacolé, dindim, refresco) não pagos e apostados numa partida de futebol no campinho do Tetéu Quebra-osso, quando ambos ainda moleques estudavam o antigo primário em uma escola quem nem existe mais.

Aí, como dizem os juruaenses, o pau fechava e o mediador aproveitaria para oferecer água da melhor qualidade  para arrefecer os ânimos e depois um café da região para fazer as pazes entre duas famílias tradicionais (quero dizer antigas e não necessariamente abastadas do precioso metal) e amigas. Merchandising perfeito !

Viram o que uma pergunta bem sacana é capaz de propiciar ?

Mas e minha impressão geral sobre os candidatos a vice prefeito de Cruzeiro do Sul ?
_ Mazinho precisa melhorar a dicção na mídia,
_ Marcelo precisa aprender a engolir uns "s" para falar a língua do povão.

Uma impressão mais profunda ?
 _ Mazinho que é uma figura decente na política se mostrou subserviente demais ao mestre Sales. Precisa ser mais ele. Parceria não significa só dizer " sim senhor, meu rei ".
_ Marcelo deverá ter melhor sorte com Henrique Afonso, mas duvido que consiga convencê-lo a torcer pelo Flamengo.

O debate foi válido, mas como vice é só vice e só vem na frente no composto vice-versa, aguardo ansioso o debate dos candidatos a prefeito.

Henrique Afonso que se prepare com jejum e oração, pois segundo informação que obtive junto aos  fãs de carteirinha, o alquimista Sales vai colocar pra riba dele, como o cão colocou pra cima do mestre Alfredo, como diria o professor João Correia.

Por outro lado lado, Henrique deve questionar algo mais além de " por que o senhor só veste camisa gola polo da Lacoste, mesmo se declarando homem do povo ? " 

Se Sales deixar cair sua máscara de paz e amor, que usou nos últimos anos, poderemos ter banho de salivas.

Já encomendei uma Tv led de 47 polegadas 3D e só vou almoçar depois do debate.
Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog