sexta-feira, 14 de setembro de 2012

SOBRE O DEBATE II

A cidade do Trabalho e Cidadania parou para assistir ao debate entre os candidatos Vagner Sales e Henrique Afonso  transmitido ao vivo pela TV Juruá. Eu também.

Sentei-me à frente do aparelho de LED 55". Destronquei da antena de TV fechada e sintonizei na programação local. Almocei meia horas antes do início. Ouvidos atentos e olhos abertos para  a reação de cada candidato.

E começou. Vagner saiu na frente em termo de figurino, trajando blusa azul claro, meio esportiva e com o seu número de candidatura bem visível no peito. Já Henrique  usou uma camisa  com uma cor diferente do laranja de sua campanha e com um adesivo que  tornou ilegível o número para os que assistiam em casa. O melhor de tudo  foi que o púlpito escondeu a barriga proeminente de  ambos.

Incrível como Vagner se sentiu incomodado com a câmera, parecia tenso, não sorria, o tempo todo com olhar desconfiado. Coisa de quem estava na defensiva. Com razão: tinha mais possibilidade de ser vidraça do que a pedra.

Deve ser duro enfrentar um cara como o Henrique Afonso, que de tão esquisito e jururu , é daqueles raros casos de nome limpo na política. Onde bater ? 

Então caiu na esparrela de acusar o adversário de ser negligente em destinar verbas para Cruzeiro do Sul. "  22 milhões em dez anos ", atalhou Henrique, " e posso mostrar cada uma das obras feitas com elas e o você o que fez com 35 milhões de emendas que diz que recebeu ? "

Depois partiu para a questão do endereço do adversário, mostrando nervosamente uma cópia da declaração de bens na qual não constava a casa que o deputado comprara em Cruzeiro do Sul e  tascou: " Você pode ser processado pela justiça eleitoral, sabia ?"

Outra  bola fora ! Como eterno candidato a cargo político Vagner Sales tinha a obrigação de saber que os bens que devem constar no ato da inscrição da candidatura são os mesmos apresentados na declaração do impostos de renda do ano corrente. Se o cara comprou uma casa depois disto, se obrigará a declara-la no ano seguinte. 

A esta altura Vagner não conseguia disfarçar a sua síndrome da perna nervosa. "Água, água !!"  deve ter pedido ao assessor no intervalo.

E o Henrique Afonso não tirava o sorrisinho irônico do canto da boca.

No momento que entrou a questão do ramal da fazenda do prefeito, o câmera muito esperto focou em Vagner Sales. Pensei que ele ia ter um troço enquanto o Henrique dizia : "desviou o asfalto para beneficiar sua fazenda, esta é a verdade !"  

Um amigo  me ligou:  " Pô, estou decepcionado pensei que Vagner ia perder a paciência e danar a mão na cara do Henrique , aí o Nelson ia apartar e o pau cantava no estúdio, com o Chico Melo e o Neto Vitalino bolando no assoalho, enquanto o cinegrafista Dedi gritava : _ Qui'é   isso, negada ? aqui não,  lá fora, lá fora !! "

Explico : o meu amigo em questão é fã do lendário  'A Praça é Nossa'. Esquece que estamos em outros tempos, com o pessoal mais envelhecidos, mais pacientes e com algo a perder. E logo na frente do promotor   de justiça ?! Oras, também não estamos no vizinho município do Guajará/Am, onde até os mandins nadam se esporando por conta da política.

Se alguém me perguntar quem venceu o debate não me arrisco dizer. A torcida cegou meu senso crítico. Nem notei  as bobeiras do verde. Fatalmente eu puxaria o pequeno lençol para o meu lado, aliás como fiz até aqui. Os fãs da política vagneriana dirão que o mestre venceu. A massa do 43 discorda veemente. É só acompanhar a rede social facebook.

Os mais ardorosos seguidores do capitão Sales estão dizendo por aí que armaram-lhe uma arapuca. Que o cenário favoreceu ao candidato do PV. Bom, da próxima vez providencie um cenário imitando um barracão, tá certo jornalista Nelson ?

E tenho uma folha de caderno cheio de anotações sobre promessas de campanhas.

E tem muita gente já pedindo um segundo debate. Eita, que povo quer ver a lona do circo em chamas com  o macaco amarrado no mastro central !

Quem mandou inventar ? agora o pessoal viciou...

2 comentários:

  1. O próprio Vagner desmentiu qualquer favorecimento. Sobre a água no intervalo, é verdade. Fui eu quem encheu o seu copo.

    ResponderExcluir
  2. Você tá dando show, nas suas publicações.

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog