sexta-feira, 11 de março de 2011

DEPOIS DO CARNAVAL JOÃO BARRIL VOLTA AO NORMAL






Em uma das ruas da retórica Cidade do Trabalho e Cidadania, ele, o João  "Severino" Barril , mais conhecido como quebra- galho, foi flagrado designando  a sua mais nova função: Encher buracos. Alguns levam a vida  a   encher lingüiças, outros a meia de caca para depois girar no ar e fazer desenhos na parede. Cada um com seus galhos. Cada barril no seu galho. No meu não.

Fosse eu publicar essa foto em um local de muitos acessos, logo alguns estariam acusando João "Severino" Barril e seus colegas de terem se aproveitado do período carnavalesco para se refrescarem no Piscinão da Copacabana , cheio pelas águas de março, que por aqui não tem nada de verão, nem é promessa de vida no coração _ pelo contrário, quebra promessa de eleição. Alguns outros criticariam que deveriam  organizar o trânsito, ao invés de estarem usando coisa não muita masculina:Uma fita plásticas ao redor da cintura, acessório não  permitido para quem ganha salários  "exorbitantes" do poder público.

Uma porrada de tantos  diriam que o que poucos perceberam é que, pelo contrário, eles estavam sim, a serviço. A prova é  que estavam usando seus uniformes de trabalho, com listras pretas e amarelas. Cor sim, cor não. Uma parcela besta  metida a entendida de moda, acharia que deveriam, os Severinos, ter aparecido no flash  usando outros trajes mais elegantes. Estariam, porém, perdoados por que listas horizontais emagrecem as  formas de barril dos corpos deles, disfarçando a famosa barriguinha de cerveja. Esse povo entendido de moda são  uns afrescalhados, mesmo !

Eles estavam bebendo , enquanto banhavam-se ? Eu não disse isso. Só tirei essa foto por que achei interessante. Mas  meia-dúzia de mequetrefes,  metidos a doutores da lei, para disfarçar a ignorância,  citariam artigos da Constituição Federal para diferenciar direito de privacidade e  direito de propriedade. O buraco, que não é meu _ e duvido que apareça um dono _ está lá, aberto ao público. Qualquer pessoa desavisada tem acesso e liberdade para jogar o carro ou a moto dentro. Porque não posso fotografar, mesmo usando uma pobre câmera de um caro celular ?    

E verdade seja dita,  oxente,  no carnaval, barril também é gente, mesmo sendo severina ! Deixem que tomem banho pelo menos no carnaval. Ora,  ontem  pela manhã passei pelo local e vi que eles continuavam lá, cumprindo os seus deveres profissionais, só que de pé, cercando o buraco para que ninguém viole sua intimidade (do buraco). Como nosso povo é chato, vai ter gente chamando o João Barril Severino e seus colegas de egoístas e preconceituosos por que "vieram de fora" e querem o buraco só para eles.

Manuel Piau* tem razão, eu sou mais um esquisitão a me preocupar-se com lixo e agora buracos em pleno início de ano, visto que, segundo alguns entendidos do assunto, ele só começa após o carnaval. Vê a parte suja do logradouro e a falta de calçadas ? É tudo ilusão de ótica. Problema de dioptria. Melhor cuidar do meu próprio buraco. Bom trabalho João "Severino"  Barril, logo reconhecerão o teu valor. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog