quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

A POSSE DOS MAIS DOS MESMOS

Ontem à noite, para preencher meu tempo de inutilidade, fui a tal posse dos vereadores de Cruzeiro do Sul e do melhor prefeito de todos os tempos dos últimos 04 anos.

Poderia ter feito coisas mais uteis, como por exemplo admirar quintais cercados por finas estacas de sapucaias de 1,5 metro. Quem não compareceu nada perdeu. Jamais será cobrado em entrevista de emprego ou "cairá" na próxima prova de concurso público.

A plateia estava formada no grosso por quem ocupou, ocupa ou ocupará cargos comissionados na prefeitura, futuros assessores de vereadores e seus ansiosos familiares, por jornalistas, uns chateados por trabalhar no feriado, outros serelepe por demais, o motivo não me perguntem. Perdidos, uns ou outro, tolos como eu, que não deveriam sequer está ali.

Poderia aqui descrever passo a passo o evento, mas hoje estará em qualquer site ou jornal da região, o que me  poupa o trabalho. Direi então o que não aparecerá.

O prefeito chegou uma hora atrasado, cumprindo a nossa tradição ridícula de povo mal educado em não cumprir o horário. Depois, preocupado em explicar para imprensa o porquê da criação de mais 05 inúteis secretarias municipais para abrigar seus aliados, não ouviu  o seu nome ser chamado pelo cerimonial. 

Após, demonstrando a fina educação, ficou berrando lá no palco do teatro: " Pela segunda vez, pela segunda vez". Só faltou pegar o microfone, soltar um arroto arretado e oferecer : " Para você, a dóia aí da primeira fila".

Patética mesmo foi a  "eleição para mesa diretora da câmara municipal". Uma coisa tosca, mas que já demonstra a tônica desta legislatura. Se na anterior o executivo soberbo pintou e bordou, nesta ele irá até tricotar sentado.

Se a primeira impressão é a que fica, então estamos lascados. Depois de ouvir o discurso de cada vereador, muito deles descaradamente chamando o prefeito eleito de " meu amigo", já logo vou avisando que a decepção pela 'tal renovação' será enorme. Anotem aí.

Fracos, mais fracos que caldo da biliares , excetuado-se uns 05 dos 14. Enquanto ouvia os discursos, ficava  me perguntando, serão mesmos esses aí os representantes do povo cruzeirense ? Se sim, somos deveras um povo ignara !

Mas eu estava até resistindo bravamente, já que vez ou outra me divertia com aquelas cenas humorísticas de gente falando a todo tempo sobre a vontade de trabalhar pelo povo.

Então, me vem o presidente da câmara, recém eleito, Romário Tavares ( PSDB), dizer que bastava " o melhor prefeito de todos os tempos repetir o excelente trabalho dos últimos quatro anos" ( !!??).

Só neste momento fui perceber que atrás da mesa das  autoridades  tinha uma cortina preta com 05 estrelas brancas, representando a bandeira de Cruzeiro do Sul. Significativamente tétrico...

Depois desta, fui-me embora do local. Faltou-me estômago para ouvir o canto do principal mandrião da noite, todo emplumado, com uma garbosa faixa usada invertida.

Mais 03 horas e meia de minha vida jogadas fora. Cercas de sapucaia !     
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog