terça-feira, 13 de abril de 2010

Quem não conhece o Serra ?

Em uma nova pesquisa realizada pelo Sensus a pedido de um sindicato e que deve ser divulgada ainda hoje (12/04/10) mostra empate técnico entre o vampiresco Serra e Dilma. Os números indicam a menor diferença até aqui entre os dois candidatos: 32,7 % contra 32,4 % .

E pensar que há poucos dias atrás, uma pesquisa da Tucana Datafolha, mostrava que Serra teria aumentado sua diferença para Dilma em 9 %.Ou seja, a julgar por esse disparates de números o eleitor está mudando de opinião a cada semana, já que em outra pesquisa ( do Vox Populi ), com diferença de poucos dias, indicou que Dilma , ao contrário , teria crescido 5 % e Serra teria estagnado .

Essa é a guerra fria das pesquisas e mostra que a campanha eleitoral já começou faz tempo. Os Tucanos afirmam que esse aparente crescimento de Dilma é fruto da campanha eleitoral fora do prazo permitido pela legislação.Alegam que só agora o povo brasileiro sabe que o mosferato Serra é candidato e então doravante seu crescimento será constante.

É ou não uma piada ? Quem neste país já não sabia que o candidato do PSDB e do seu amante DemO não era o caricato governador de São Paulo ? Quem já não está cansado de ver a cara medonha do Serra nos meios de comunicação como o senhor dos Rodoanéis e que tem solução para tudo ?

O mais conhecido de todos os postulantes à presidência em 2010 é ele , Serra, o Sem Palavra. Desde a derrota do Picolé de Chuchu ,o "Geraldo" , para a prefeitura de São Paulo que Serra despontou como o principal candidato dos "Bicudos" para ganhar a presidência. Além disso, "o fujão " já foi candidato ao planalto,quando foi derrotado por Lula em 2002. Em 2006, sabendo da impossibilidade da vitória, jogou o "Geraldo" no fogo.

Piada melhor que essa só mesmo o slogam imbecil que diz que "O Brasil pode mais ". Realmente pode, pode ser mais desconfiavel financeiramente, mais inflacionável e mais imprestável, tal qual o era antes de 2003. Minto. Tem outra piada melhor: "quanto mais mentira disserem sobre nós, mais verdade diremos sobre eles". Desculpe-me Serra, mas vampiros não existem. Com a palavra o padre Quevedo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog