quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Cruzeirão : La Bomboneira do Juruá by Mazinho Santiago

Segundo o prefeito em exercício ,Mazinho Santiago ,o poder público municipal,pretende apoiar a equipe do Náuas, representante da região no campeonato profissional do Acre,na campanha de 2010 com previsão de inicio para o mês de março.Até aí nada de exepcional, até mesmo porque Santiago  não falou a respeito de valores financeiros.E cá entre nós duvido que venha ser um valor que chame tanta atenção assim.

O mais interessante foi  a exigência para o apoio: que o Náuas mande seus jogos,ou pelo menos parte deles ,em Cruzeiro do Sul,mais precisamente no estádio o "Cruzeirão "_ que de "ão" não tem nada .Da minha parte,como frequentador assíduo daquela praça de esporte,adorei a idéia.Aliás sempre questionei o porque da impossibilidade.

Quem conhece a realidade do futebol acreano e teve a oportunidade de frequentar o estádio "Naborzão" em Senador Guiomard,onde a equipe da ASDEG joga suas partidas,sabe que não passa de um  Cruzeirão melhorado. Mazinho disse que a prefeitura irá adequar as instalações para atender as exigências mínimas da Federação Acreana de Futebol,como por exemplo, a existência de alambrado para evitar invasõe de campo.

É claro que além do alambrado,tem também a questão dos banheiros,das bilheterias,vestiários,mais arquibancadas,estacionamento...Ufa !!! Será que irão realmente conseguir fazer isso em tão pouco espaço de tempo ? Espero que sim. Promessa é dívida .Quero só ver como vai ficar a "La Bomboneira" de Cruzeiro do Sul-by Mazinho Santiago.

Será vão tirar aquelas várias tonalidades em azul e pintar um pouco de amarelo e verde, as cores oficiais do representante do Juruá ? Uma coisa é certa.Se caso a prefeitura consiga realmente esse feito, o Náuas ganhará um reforço de peso que é o apoio da torcida. E já sei que tem uma galera que está montando a  torcida organizada do Cacique Colorado.

Só espero que alguns políticos ,aproveitadores de ocasiões, não me venham aparecer atacando de teenleaders, vestidos de azul ,com a barriga de fora ,dando cambalhotas e gritando :" Me dê um P,me dê um M me dê um D ,me dê um B ,o que que dá ?  o que que dá ? "  Tudo é possível na capital do Juruá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog