quinta-feira, 22 de setembro de 2011

NÃO IRÃO ME CONVENCER !

Paro antes da linha  branca que antecede a faixa de pedestre. Outro motociclista, muito esperto, vem , me ultrapassa e estaciona em cima da faixa, olha para trás. Apesar do capacete, percebo seu olhar irônico. O seu corpo denuncia a canalhice.

Ele parece me dizer : " Vai babaca, obedece às normas. Fique para trás e eu saio sempre na frente " ( não confundir com nenhum slogam de campanha ). A raiva percorre minhas veias. E eu rogo uma praga: " Tomara que um carro te apare lá na frente, gaiato ".

Quantas vezes esta cena já se repetiu ?  Aqui em Cruzeiro do Sul, passo por ela quase que diariamente.

Sorte dos meus "adversários" é que não acredito em pragas _ a não ser na de insetos e ratos _ por isso jamais sofrerão qualquer dano físico por causa delas. Eu só penso, jamais as digo. Pensar não é crime e não ofende a ninguém. Se ralarem a bunda aí pelo asfalto, é somente por suas incompetências de condutores e suas soberbas de se acharem mais espertos do que os outros.

Eu guio moto. Posso perfeitamente estar amanhã com o traseiro ralado, mas não será por imprudência da minha parte. Procuro fazer tudo pela direção defensiva, cautelosa. Mantenho as revisões periódicas em dias, assim como as documentações. Quando estou com diarreia, fico em casa que é para não ter pressa em chegar.

É o que me faz um idiota ? 

Não ! Vocês não irão me convencer.

Continuarei a acionar o pisca com antecedência antes de qualquer manobra, inclusive quando for mudar de faixa. Insistirei em ficar na faixa correta de acordo para " onde vou entrar", quando parar no semáforo. Respeitarei as rotatórias e quem estiver dentro delas. Continuarei a temer os cruzamentos, mesmo quando a preferência for minha.

Entretanto, permanecerei sem medo da polícia de trânsito. Encaro qualquer revista. Não devo nada ao Estado. Fugir por quê ? Vou, decididamente, parar já no semáforo laranja, que dizem  ser amarelo. Não espero o vermelho. Pode não dar tempo...E finalmente vou  continuar parando antes da faixa de pedestre, mesmo que estes não a usem e nem tenha policial por perto.

Se fosse eu tão popular em rede social escreveria " Continuem me achando um babaca, um ultrapassado, mas não vou desistir de obedecer às leis do trânsito. Isso me faz ser popular e as mulheres inteligentes não dispensam minhas caronas. Elas não gostam mesmo é de bunda ralada. Se você é um motociclista macho, cole isto no seu mural ".

Estou pensando em mandar isto para o senador Petecão, que como eu só escreve abobrinhas, mas no facebook as pessoas " prestam uma atenção" ! Era sucesso garantido.

Prometo que doravante não vou mais praguejar contra os " herois sem causa ".  Não ganho nada com isso. Não será fácil. Perdoar  quem não respeita a si, eu consigo, agora quando querem lascar a vida alheia...

2 comentários:

  1. AMIGO,LEMBRE-SE Q PRAGA É DIVIDIDA,MESMO SENDO BOA.

    ResponderExcluir
  2. Amigo anônimo, me desculpe mas eu duvido. O pensamento individual,como pensar numa praga, não produz efeito práticos para os outros.O pensamento coletivo, ainda que vá lá. Acredito que quem acerta ou erra,produz efeito real, é a diligência, o ato.Se alguém cair de moto não vai ser porque eu desejei. Será por erro dele ou de outrem.Mas haverá ação ou omissão.
    Se você realmente acredita em praga, e que essa é dividida, sugiro rogar uma praga para que eu acerte o prêmio da loteria federal.Uma parte será sua...kkkkkkk.
    Um abraço.

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog