quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

EM POUCAS MUITAS PALAVRAS...

" Nesta desigualdade social proporcionada à desiguladade natural, é que se acha a verdadeira lei da igualdade. O mais são desvarios da inveja, do orgulho, ou da loucura. Tratar com desigualdade a iguais, ou a desiguais com igualdade, seria desigualdade flagrante, e não igualdade real. Os apetites humanos conceberam inverter a norma universal da criação, pretendendo não dar a cada um na razão do que vale, mas atribuir a todos, como se todos de equivalessem "  ( Rui Barbosa , in "Oração aos Moços" )

Então por favor não me venham com doutrinas ou dogmáticas salvadoras do homem sejam elas pelo caminho do comunitárismo, seja pelo caminho do individualismo, a não ser quando a humanidade não for mais formadas por estes complexos humanos.

[Um individualista dogmático, doutrinado, é a melhor das ovelhas no rebanho do senhor. Só muda de senhor] 

Ao insistir em minha conversão à sua arraigada verdade, você corre o risco de que eu o mande tomar no cu em alto e bom volume ou escreva em letras garrafais, ou não, um palavrão.

A comportada  Anarquia, a Teoria do Caos, com ou sem "Efeito Borboleta", por hora é meu norte.

Só por hora, até segunda ordem da minha percepção, cega ou não...

Me deixem ser o que sou a cada segundo, pô ! 

Um comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog